Centro de Perícias Renato Chaves de Paragominas

O município de Paragominas, no nordeste paraense, já conta com um núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Orçada em R$ 421.624 mil, a obra, prevista para ser entregue nos próximos dias, dispõe de uma excelente estrutura para oferecer serviços especializados nas áreas de medicina legal e criminalística.



Paragominas ganha núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves


28 de maio de 2014

O município de Paragominas, no nordeste paraense, já conta com um núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Orçada em R$ 421.624 mil, a obra, prevista para ser entregue nos próximos dias, dispõe de uma excelente estrutura para oferecer serviços especializados nas áreas de medicina legal e criminalística. O projeto, iniciado e não concluído no governo passado, foi retomado no final de 2012 pelo Governo do Estado após passar por algumas readequações, como a construção de mais dois consultórios e a ampliação da sala de necropsia.

A nova estrutura conta com uma ampla recepção, sala para confecção de laudos, sala de custódia, laboratório para perícia, sala de necropsia, dois consultórios médicos, alojamento para funcionários, copa, duas salas administrativas, área para arquivo e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais. “Agora vamos passar a atender a população em um local apropriado, proporcionando mais conforto e qualidade para os usuários dos nossos serviços”, afirma Carlos Eduardo Galvão, diretor do núcleo avançado do CPC de Paragominas.

Segundo ele, o antigo prédio funcionava de forma improvisada dentro de uma casa alugada pela prefeitura. “Como tínhamos um espaço limitado para trabalho, isso automaticamente refletia nos serviços prestados à população, pois não contávamos com uma estrutura que, de fato, atendesse a demanda da cidade. Mas agora com esse novo núcleo, tudo muda. Tanto que já estamos planejando a contratação de novos servidores, ampliando para 17 o nosso quadro de funcionários”, ressalta Galvão.

Localizado no centro da cidade, o prédio recém-construído foi projetado e todo aparelhado com equipamentos exigidos pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Além de Paragominas, o novo núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas também vai atender mais cinco municípios da região, como Aurora do Pará, Mãe do Rio, Ulianópolis, Ipixuna e Dom Elizeu. Entre os principais serviços oferecidos pelo órgão estão necropsia, laudo de lesão corporal, pericias sexológicas, perícias ambientais, laudo definitivo de constatação de drogas, dosagens alcoólicas e perícias em armas.

De acordo o coordenador das Unidades Regionais do CPC Renato Chaves, Alexandre Ferreira, a obra faz parte da política de descentralização do órgão no estado. “Já trabalhamos conjuntamente com a Segup num projeto que pretende descentralizar a perícia paraense, estendendo-a para outras regiões do estado, como o oeste e o Marajó. Nosso objetivo é atuar nas Regiões Integradas de Segurança Pública, que reorganizam o atendimento em áreas específicas de atuação”, explica.

Detalhamento da Obra:
Início: agosto de 2010
Previsão de conclusão: abril de 2014
Andamento da obra: 100%
Valor: R$ 421.624 mil
Empresa responsável: A3 Engenharia Ltda.
Secretaria responsável: Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop)
Órgão beneficiado: CPC Renato Chaves

Fonte: Adison Ferrera / Secretaria de Estado de Comunicação


PREVISÃO DE CONCLUSÃO

abril de 2014


VALOR GLOBAL

R$ 421.624 mil


ANDAMENTO

100%

SECRETARIAS ENVOLVIDAS

  • Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop)

  • EMPRESAS RESPONSÁVEIS

  • A3 Engenharia Ltda.