Terminal Hidroviário do Porto de Belém “Luiz Rebelo Neto”

Conheça o novo Terminal Hidroviário de Belém. Fruto de um investimento de R$ 19 milhões, a obra representa um salto de qualidade na prestação de um serviço essencial para a mobilidade das pessoas: o transporte hidroviário de passageiros. Com capacidade para atender, em média, a cerca de 1,5 milhão pessoas por ano, o complexo foi construído em uma área de cerca de cinco mil metros quadrados, no Galpão 9 da Companhia das Docas do Pará (CDP).



Novo Terminal Hidroviário melhora o serviço oferecido à população


26 de maio de 2014

Carregador de bagagens do terminal hidroviário de Belém há 34 anos, Raimundo Nonato comemora a inauguração do novo espaço de trabalho. “Desde que iniciei meus serviços aqui, nunca tinha sentido tanto orgulho desse lugar. Com um espaço muito mais organizado e estruturado, a vontade de trabalhar aqui aumentou”, conta o funcionário, um dos que agora vão usar a estrutura do novo Terminal Hidroviário de Belém, inaugurado nesta sexta-feira (23) pelo governo do Estado.

A mesma sensação de conforto e melhoria do ambiente é descrito pela dona de casa Maria Trindade, 50 anos, que mensalmente usa o terminal. “Viajo todo o mês para a ilha do Marajó e sei muito bem como era o antigo terminal. Mais do que conforto e melhores condições de atendimento, essa obra traz valorização para população ribeirinha“, ressalta ela, que tem familiares do município de Soure, no arquipélago do Marajó.

Assim como Maria, centenas de pessoas que usam o serviço de embarque e desembarque do terminal participaram da inauguração do novo Terminal Hidroviário do Porto de Belém “Luiz Rebelo Neto”, na tarde desta sexta-feira (23). Na cerimônia, o governador Simão Jatene destacou a importância de um espaço digno para receber a população que usa os serviços hidroviários do Estado. “Mais do que proporcionar qualidade, essa obra também eleva a autoestima dos cidadãos que usam esse espaço, pois oferece uma estrutura digna, aliada aos mais diversos serviços de cidadania para a população”, garantiu.

Durante a inauguração, o governador também ressaltou a importância da reestruturação de todos os outros terminais de embarque do Marajó, a partir de uma linha de crédito que o governo do Estado tem junto ao Banco do Brasil, já aprovada pela Assembleia Legislativa do Pará, para a readequação de todos os portos da região do Marajó. “Com isso, vamos levar as melhorias do Terminal Hidroviário de Belém para toda a população ribeirinha da região, já que são eles os maiores usuários dos serviços de navegação no Pará”, destacou Simão Jatene.

Avaliado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) como um dos terminais hidroviários mais modernos do Brasil, o empreendimento previsto para atender cerca de 60 mil pessoas por mês, já começa trazer mudanças para a população. Presidente da cooperativa de taxistas do terminal hidroviário de Belém, Simão Jacob afirma que a obra mudou completamente a vida dos taxistas que trabalhavam no local. “O novo terminal elevou a auto-estima dos nossos cooperados, pois agora temos um espaço adequado para exercer nossas atividades”, explica o taxista.

Segundo ele, a nova estrutura também proporcionou aumento do número de cooperados, que passou de 61 para 66 taxistas, e a ampliação de funcionamento, que agora passa a ser 24 horas. “Antes não tínhamos um escritório. Na hora de folga ou do almoço, a rua e o carro eram a nossa única opção de descanso. Com essa estrutura, tudo foi modificado. E esse beneficio, automaticamente é transferido para os nossos clientes, que passam a contar com uma cooperativa organizada e com espaço digno de trabalho”, comemora.

Terminal Hidroviário do Porto de Belém “Luiz Rebelo Neto”

Horários de embarque

Belém – Camará:

Segunda à sexta – 6:30h e 14:30

Domingo: 10h

Belém – Macapá:

Quarta – 11h

Belém – Manaus:

Quarta ou sexta (dias alternados semanalmente) – 18h

Fonte: Adison Ferrera / Secretaria de Estado de Comunicação

 


PREVISÃO DE CONCLUSÃO

Maio de 2014


VALOR GLOBAL

R$ 19 milhões


ANDAMENTO

100%

SECRETARIAS ENVOLVIDAS

  • Secretaria responsável: Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) Órgão beneficiado: Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH)

  • EMPRESAS RESPONSÁVEIS

  • Coliseu